sexta-feira, 1 de abril de 2011

O inicio da mudança


Uma decisão interna levou-me a criar este blog.
A minha necessidade urgente de Ser Feliz, de me transformar, de mudar velhos hábitos de pensamento e formas de viver obsoletas que não me servem mais, que não quero mais para mim.

Mas mudar velhos hábitos não é fácil.
Esta é assim uma forma de me auto-disciplinar, e em simultâneo de partilhar as minhas ideias, lutas e conquistas, de partilhar o meu percurso.
Talvez alguém se possa rever nele e desta forma ajude também o seu processo de mudança.
Talvez este seja apenas um pensamento egóico meu, de quem quer mudar o mundo inteiro.
Talvez seja apenas um grito de ajuda.

Mas onde tudo isto começa?
Passei anos a acreditar que seria feliz quando tivesse, quando conquistasse, quando alcançasse os objectivos a que me propus. Passei anos a adiar a felicidade e quando conquistei o que me tinha proposto vi que tinha perdido a alma algures no caminho, que não tinha aproveitado o percurso, e que agora que atingira as minhas metas tinha deixado de sonhar, e sentia-me mais infeliz do que nunca.
Irónico não é? Fiz a maior das descobertas da forma mais difícil: A felicidade é um estado interno, que não se conquista com coisas materiais, nem com o poder, nem com uma relação perfeita... simplesmente está lá, ou não está, sabe-se ser ou não. E eu percebi que não sei Ser.
Mais irónico ainda quando Psicóloga de profissão, devia saber estas coisas todas. Oriento diariamente os meus pacientes rumo à sua felicidade. A teoria está toda lá, e funciona bem ... para eles.
Mas e eu? 
Como inverter essa situação?
Pensei procurar um colega de profissão, mas conheço demasiado bem os meandros de uma terapia para ela poder realmente funcionar em mim.
Provavelmente passaria o tempo a analisar o Psicólogo, e a perceber o que ele estaria a fazer, a pensar que técnica é que seria melhor se ele usasse (lol ou não fosse eu perfeccionista e não achasse sempre que tenho razão), e permitiria tudo menos que ele chegasse verdadeiramente a mim. (Já o tentei noutras alturas, até porque como terapeuta propus-me desde cedo a estar eu própria em constante terapia)
Quem é terapeuta percebe certamente o que estou a dizer. É muito fácil auto-sabotarmos-nos.
Assim decidi fazer algo prático e bem mais radical.
Uma terapia de vida, que consiste em colocar em prática vários princípios que uso habitualmente em terapia, comprometer-me com a mudança e relatar tudo num diário, aqui, para que não possa voltar atrás. :)
Este vai ser o meu diário pessoal nessa procura.
Proponho-me a mudar, a procurar, a dar as voltas que forem necessárias e a acreditar.
E proponho-me a escrever tudo, para me ajudar a lembrar do caminho e quem sabe, auxiliar também outros caminhos.
É tempo de despertar. O mundo grita!
Cansei-me de viver em eternas neblinas, como se só vivesse um quarto de vida, e um quarto de vida em que nem sou bem eu mesma.
E preciso da vossa ajuda para me manter firme!
Quero mudar a minha vida. 
Conto com todas as dicas, todas as ajudas e todos os comentários que me possam auxiliar neste propósito.

Durante 100 dias comprometo-me a mudar o meu caminho rumo a mim mesma e à minha felicidade.

A começar agora!

Sem comentários:

Publicar um comentário